Small Green Pointer BLOG ESPRO - CBT: Junho 2011

terça-feira, 28 de junho de 2011

BLOG DE CARA NOVA



 E aí gostou do novo estilo do blog?
Então comenta aí, e dê sua opnião para as novidades!

Certificado

A todos da sala CBT Menor, os certificados já estão disponíveis na Espro. (Podem ir buscar)
BOA SORTE!!!!!!

Quais são as marcas mais valiosas do Brasil?

Itaú, Bradesco, Petrobras, Branco do Brasil e Skol. Estas são, respectivamente, as marcas mais valiosas do país segundo ranking elaborado pela Interbrand, consultoria líder mundial em estratégia e identidade de marca. Juntas essas companhias respondem por 75% do valor total das 25 maiores marcas brasileiras, que é de R$ 92 bilhões. Apesar de as primeiras colocadas terem um valor bem maior que as demais participantes do ranking, todas as companhias tiveram um aumento expressivo no valor de suas marcas. A nota de corte, que é feita a partir do valor médio, subiu de R$ 87 milhões, em 2009, para R$ 209 milhões em 2010. “Estamos vendo um reflexo claro do crescimento da economia e da maior preocupação dos gestores com suas marcas”, afirma Daniela Bianchi, diretora de estratégia da Interbrand.
A marca que teve maior aumento de valor em 2010 foi a Hering, com um aumento de 45% em relação a 2009. Depois de um trabalho bem-sucedido de reposicionamento, a marca fechou o ano passado valendo R$ 209 milhões.
A Vale foi outro destaque. Com a forte crise de 2008, a empresa sequer apareceu na lista das 25 maiores do ano passado. Mas para recuperar posição, a mineradora investiu em uma forte campanha institucional, que colocou a companhia na 8ª posição da lista, com um valor de R$ 2,6 bilhões.
Também se destacaram na lista deste ano algumas empresas varejistas. Extra, Casas Bahia, Pão de Açúcar e Ponto Frio apareceram pela primeira vez no ranking, mostrando que a consolidação desse setor da economia vem alavancando o valor das marcas.
Outra estreia foi da Cielo, marca que surgiu da mudança de nome da Visanet. “A empresa quebrou um paradigma, pois estreou no ranking ainda novata e num mercado também novo, que em 2009 não existia”, afirma Daniela.
O ranking da Interbrand leva em conta duas dimensões, a Força da Marca e o Papel da Marca. Força é a capacidade da marca de assegurar lucros futuros. Já o Papel, representa a influência da marca no processo de compra.

A seguir, confira o ranking das maiores marcas do Brasil em 2010

                                       As 25 marcas mais valiosas do Brasil em 2010                            
 Marca  Valor (em milhões de reais) Crescimento em relação a 2009
Itaú24.296+18%
Bradesco13.633+10%
Petrobras11.608+7%
Banco do Brasil11.309+8%
Skol7.277+10%
Natura5.666+22%
Brahma4.351+21%
Vale2.656Não estava no ranking anterior
Antarctica2.013+15%
Vivo1.700+16%
Lojas Renner835+7%
Lojas Americanas703+17%
Embratel619-15%
Cielo604Estreia no ranking
Cyrela587+8%
Caixa Econômica Federal563Estreia no ranking
Oi514+8%
Banrisul501Estreia no ranking
Extra496+9%
Casas Bahia447-22%
Braskem422Estreia no ranking
Pão de Açúcar389Estreia no ranking
Net323+10%
Ponto Frio232Estreia no ranking
Hering209+45%
 
Fonte: Interbrand

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Homenagens - Despedida

Momento emocionante, com pessoas inesquecíveis!

 



   Quatro meses não forão o suficiente, para aprendermos a aceitar a triste realidade de não poder mais conviver todos os dias, um com o outro. Por que tem que ser assim? Por que tudo o que é bom dura pouco? Não há respostas concretas para essas perguntas, mas o importante, é que apesar das dificuldades diárias e dos contra-tempos: TUDO VALEU APENA! E eu só tenho a agradecer por cada momento de felicidade que a Turma me proporcionou. Agradecer também ao esforço diário da Cláudia, em poder nos transmitir de forma transparente, não só os assuntos, mas principalmente, seu amor e carinho para conosco. Enfim, por mais que ainda possamos nos falar por redes socias, telefone, ou até nos encontremos por acaso, a única palavra a dizer é: SAUDADE! 

Por: Aline Silva


                            http://www.youtube.com/watch?v=Za3U5GXTq-M

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Inscrição SISU 2º Semestre/2011

Inscrições para cursos do meio do ano vão até domingo (19); ao todo serão oferecidas 26.336 vagas em instituições de ensino superior. 


As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do segundo semestre começaram às 6h desta quarta-feira (15) e vão até as 23h59 de domingo (19), segundo o Ministério da Educação. As inscrições ocorrerão exclusivamente pela internet (link para a página do SiSU).

O SiSU oferece vagas em universidades estaduais e federais e institutos de educação profissional. O sistema foi criado pelo MEC para unificar a oferta de vagas em instituições públicas.

Neste semestre, serão oferecidas 26.336 vagas em 19 universidades federais, 23 institutos federais, dois centros federais de educação tecnológica (Cefet) e quatro universidades estaduais. No segundo semestre de 2010, 35 instituições participaram, com de 16 mil vagas. No primeiro semestre deste ano, o sistema teve um milhão de inscrições e ofereceu 83 mil vagas.

De acordo com o MEC, serão oferecidas 10.552 vagas em cursos noturnos, 9.324 em cursos em período integral, 3.526 são para cursos matutinos e 2.934 para cursos vespertinos.

Somente poderão se inscrever no processo seletivo do segundo SiSU de 2011 os candidatos que tenham participado da edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente ao ano de 2010 e que, cumulativamente, tenham obtido nota acima de zero na prova de redação.

O SiSU ficará disponível para inscrição dos candidatos das 6h às 23h59 de cada dia de inscrição (horário de Brasília). Não haverá cobrança de taxa de inscrição.

O processo seletivo terá duas chamadas sucessivas. A primeira chamada será em 22 de junho e a segunda chamada sai em 2 de julho. De acordo com o texto, a matrícula dos selecionadas na primeira chamada ocorre em 27 e 28 de junho. A matrícula da segunda chamada será em 5 e 6 de julho.

Segundo o edital, as instituições de ensino superior poderão fazer o lançamento da ocupação das vagas no SiSU referentes à primeira chamada em 27, 28 e 29 de junho e referentes à segunda chamada em 5, 6 e 7 de julho.

Para participar da lista de espera, o candidato deverá manifestar seu interesse por meio do SiSU entre os dias 2 e 7 de julho. O candidato somente poderá manifestar interesse na lista de espera para o curso correspondente à sua primeira opção de vaga. Não poderá participar da lista de espera o candidato que tenha sido selecionado para o curso correspondente à sua primeira opção de vaga em qualquer das chamadas do processo seletivo.

Segundo o edital, a lista de espera não observará as eventuais reservas de vagas e bônus atribuídos à nota do candidato no SiSU pelas instituições de ensino superior.

A lista de espera será usada prioritariamente pelas instituições de ensino superior participantes para preenchimento das vagas eventualmente não ocupadas nas duas chamadas do sistema.

Os procedimentos de chamada para preenchimento das vagas deverão estar definidos em edital próprio de cada instituição de ensino superior participante.

As instituições podem redefinir a lista de espera do sistema em decorrência da consideração dos critérios referentes às suas políticas de ações afirmativas originalmente adotadas em seu termo de participação. Nesse caso, a instituição deverá explicitar em edital próprio a forma de redefinição da lista.

As universidades podem convocar os candidatos da lista de espera para manifestação de interesse presencial, em número superior ao número de vagas disponíveis.


quinta-feira, 2 de junho de 2011

INSCRIÇÕES ABERTAS..


Inscrições abertas no Espro-Recife, para os cursos de CBT (Capacitação Básica para o Trabalho).



QUEM PODERÁ FAZER A INSCRIÇÃO?

Jovens de 14 à 21 anos, sendo uma turma para os jovens de 14 à 17 anos (CBT Menor), no turno da tarde (13hs às 17hs). E outra turma para os jovens de 18 à 21 anos (CBT Maior), no turno da manhã (08hs às 12hs).


O QUE É NECESSÁRIO PARA FAZER A INSCRIÇÃO?
  
Para efetuar a sua inscrição, basta comparecer à unidade da Espro-Recife (que se localiza na Praça do Diário, Ed. Brasilar 4º andar, nº 29, Santo Antônio - Boa Vista)  com os documentos de RG e CPF em mãos. Jovem menor de 18 anos, só poderá efetuar a inscrição acompanhado do responsável.


É COBRADO ALGUMA TAXA? QUAIS OS ASSUNTOS? 
Tanto a inscrição como o curso, junto com o material didático e o fardamento, são totalmente GRATUITOS. O Curso de Capacitação, aborda vários assuntos do mundo corporativo, alguns deles são: ÉTICA E CIDADANIA, ORGANIZAÇÃO DE ESCRITÓRIO, COMO SE COMPORTAR EM UMA ENTREVISTA, CONTABILIDADE, ADMINISTRAÇÃO, etc..


COMO FUNCIONA O PROCESSO DE SELEÇÃO?

Após efetuada a sua inscrição, a primeira etapa será uma prova objetiva, cujo os assuntos são: Português, Matemática e Conhecimentos Gerais. Já a segunda estapa, será uma entrevista (com os aprovados da primeira).



quarta-feira, 1 de junho de 2011

CONTABILIDADE: Você sabe o que é? Para que serve?

Contabilidade é a ciência que tem como objeto de estudo o patrimônio das entidades, seus fenômenos e variações, tanto no aspecto quantitativo quanto no qualitativo, registrando os fatos e atos de natureza econômico-financeira que o afetam e estudando suas consequências na dinâmica financeira. O nome deriva do uso das contas contábeis. De acordo com a doutrina oficial brasileira (organizada pelo Conselho Federal de Contabilidade), a contabilidade é uma ciência social, da mesma forma que a economia e a administração. No Brasil, os profissionais de contabilidade são chamados de contabilistas. Aqueles que concluem os cursos de nível superior de Ciências Contábeis recebem o diploma de bacharel em ciências contábeis (Contador). Existe também o título técnico de contabilidade aos que têm formação de nível médio/técnico. Uma das definições é que a contabilidade é um grande depósito de informações da empresa e uma metodologia voltada para captar, registrar, acumular, resumir, interpretar os aspectos que refletem nos âmbitos econômico, financeiro e patrimonial.

Finalidades da Contabilidade

Pode-se atribuir finalidades básicas à informação contábil, tais como a finalidade de controle e a finalidade de planejamento. Controle, neste caso, é o processo pelo qual a alta administração se certifica, na medida do possível, de que a organização está agindo em conformidade com os planos e políticas traçados pelos donos de capital e pela própria alta administração. Trata-se de uma conceituação bem ampla de controle, em contraste com a definição restrita, que resumia controle a uma função quase 'policial' dentro da empresa, única e exclusivamente. A finalidade principal é motivar a organização toda rumo a um desempenho melhor. Esta tarefa requer paciência e determinação, bem como um conhecimento perfeito da produção da empresa, das necessidades informativas de cada setor e de cada gerente, conhecimento que se dá através dos seguintes relatórios:

Balanço Patrimonial - O Balanço Patrimonial objetiva apresentar a posição financeira e patrimonial da empresa em determinada data e tem informações sobre elementos fundamentais da atividade da organização, tais como recursos disponíveis, de que maneira eles são aplicados; o grau de liquidez (capacidade de pagamento); nível de endividamento (proporção entre capital próprio e dívidas) e perfil da dívida (distribuição entre curto e longo prazo).

•  Demonstração de lucros ou prejuízos acumulados

Demonstração do resultado do exercício - Tal demonstração relata a história da atividade durante um exercício social ou durante períodos mais curtos (trimestre ou semestre).

Demonstração de origem e aplicações de recursos - Trata-se de uma análise para a verificação de quantos e quais recursos foram produzidos ou captados e qual o destino dados aos recursos, tais como distribuição de lucros ou dividendos; adições do ativo permanente; amortizações / captação de empréstimos e aporte de capital.

Planejamento

Planejamento, por sua vez, é o processo de decidir que curso de ação deverá ser tomado para o futuro. O processo de planejamento consiste em considerar vários cursos alternativos de ação e decidir qual o melhor. Planejamento (que deve ser diferenciado de simples previsão) pode abranger um segmento da empresa ou toda a empresa. A informação contábil, principalmente no que se refere ao estabelecimento de padrões ou standard e ao inter-relacionamento da Contabilidade com os planos orçamentários, é de grande utilidade no planejamento empresarial. Mesmo em casos de decisões isoladas sobre várias alternativas possíveis, normalmente utiliza-se grande quantidade de informação contábil.

Técnicas Contábeis

A fim de atingir sua finalidade, a Contabilidade utiliza as seguintes técnicas:

•  Escrituração: consiste em efetuar, de forma sistematizada, os registros das ocorrências que influenciam a evolução patrimonial. A escrituração, portanto, é realizada levando em consideração a ordem cronológica de todos os acontecimentos. A técnica contábil da escrituração é baseada em documentos comprobatórios, ou seja, todos os acontecimentos a serem escriturados devem corresponder a um documento legalizado que comprove a sua veracidade.

•  Demonstrações contábeis: consiste em apresentar todos os registros efetuados em uma forma condensada, que apresente os resultados atingidos pela empresa em um determinado período. Os fatos registrados devem constar em demonstrações expositivas, que, segundo a Lei nº 6.404/76, são denominadas demonstrações financeiras.

•  Auditoria: técnica que busca ratificar a exatidão dos registros já efetuados e apresentados nas demonstrações contábeis. Consiste em um exame pormenorizado de todos os dados escriturados pela contabilidade, verificando se todos foram efetuados seguindo os princípios fundamentais da contabilidade. Essa técnica pode ser aplicada de duas formas distintas: auditoria interna e auditoria externa.

•  Análise: levando em consideração que as demonstrações contábeis representam dados sistematizados, que apresentam de forma sintética os resultados da empresa, nem sempre os usuários têm condições de interpretá-los. Assim, cabe à própria contabilidade decompor, comparar e interpretar os demonstrativos contábeis, com a finalidade de fornecer informações mais ágeis para os usuários.